quinta-feira, 26 de junho de 2008

Propagandas suspensas

Duas propagandas, do PMDB e do DEM, foram suspensas ontem pelo TRE, de acordo com liminar concedida pela juíza Cintia Rezende em função de uma denúncia do advogado Ademir Ismerin (PSDB) . A liminar solicitou que as emissoras de televisão retirassem do ar imediatamente as propagandas, mas a questão ainda será julgada pelo TRE.
Na propaganda do PMDB, Jão Henrique compara seu trabalho com a gestão anterior e destaca a criação da guarda municipal, a matrícula informatizada, o aumento do salario do servidor e a diminuição do desemprego. Lúcio Vieira Lima, presidente do partido na Bahia, declarou ao A Tarde que não houve uso eleitoral da propaganda partidária. "João Henrique falou na terceira pessoa, mostrando as políticas do partido que estão sendo colocadas", disse. Para ele, esta atitude demonstra o desespero de Imbassahy ao ver João crescer na disputa.
Já o DEM em sua propaganda traz ACM Neto falando que entra e sai ano e a política apresenta as mesmas caras. "Queremos soluções novas", enfatiza ele.
Fonte: A Tarde (26/06/08)

Aonde vamos parar? Um gasta milhões com propaganda e o outro quer caras novas! (será que ele esqueceu que seu avô ficou mais de 40 anos no poder?)



2 comentários:

Mario disse...

Esqueceu nada... entenda o que ele disse: ele quer caras novas, ou seja, ACM's novos... e como ele ja leva esta sigla no nome...

Anônimo disse...

Caro blogueiro:

Veja como as autoridades do nosso país são confusas. Enquanto nem o TSE sabe o que fazer com a Internet, o inevitável vai acontecendo. Candidadtos deverão fazer seus sites dentro da lei e todo resto fora dela. Resumindo: mais uma lei de fachada. Imagino que muita água ainda vai rolar. Recebi este joguinho (www.grampinhonao.com) de uma amiga pelo Orkut. Como anti-carlista que sou, envio pra você se divertir também :)