terça-feira, 3 de junho de 2008

E o PT, como fica?

2 comentários:

Fred disse...

bom, a necessidade de alianças numa eleição é realidade. mas aí eu questiono. de que adianta tanta aliança? para ficar atado como Wagner, que tem um verdadeiro poder paralelo como aliado, o odiável Gedel? (aliás, é inacreditável essa aliança)
alianças surreais, como PT-PSDB (em processo em BH) jamais deveriam ser feitas.
agora, que a esquerda baiana, se não se unir, vai dar merda, isso é bem verdade.
gosto muito daqui, verena =D
concordo com palacios. continue (:
beijo!

Elton Alonso disse...

Se o PT continuar assim solitário só lhe restará abandonar a campanha. O último apoio poderá ser do presidente Lula, mas será que isso vai acontecer tendo em vista o grupelho feito de Lula, Wagner, Geddel e consequentemente João Henrique?
Lembra do Pelegrino que na última hora perdeu o apoio do Governo Federal por causa de alianças inimagináveis?
Gostei muito do blog. Parabéns.